BLOG

30/10/2019

Prioridade será aumentar presença na América Latina – no qual a empresa já possui escritórios no Brasil, Chile e Colômbia – e abrir escritórios em novos continentes. Em 2018, faturamento do grupo foi de R$ 410 milhões

CATEGORIA:
29/10/2019

No dia 24 de outubro, Alejandro Trigo, gerente de inovação da F. Iniciativas, palestrou sobre a Lei do Bem na ABEP (Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação). O encontro aconteceu em Brasília, durante a 123ª Reunião do Fórum de Diretores Técnicos e 24ª Reunião do Fórum de Gerentes Técnicos.

O objetivo do encontro foi reunir afiliadas para debater temas relevantes dentro da TIC pública. Algumas empresas privadas, patrocinadores dos eventos ABEP, estiveram na Interactive Room para apresentar suas soluções e trocar conhecimento.

CATEGORIA:
28/10/2019

Na última quinta-feira, dia 24/10, a F. Iniciativas palestrou no evento Café Empresarial do Instituto Federal de Goiás Campus Formosa.

O evento fez parte da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e o objetivo foi de promover a aproximação entre empresas, órgãos governamentais e o Instituto Federal de Goiás (IFG).

CATEGORIA:
25/09/2019

Apesar do ritmo lento da atividade econômica brasileira, estima-se que os gastos com tecnologia devem crescer cerca de 10,5% neste ano.

Essa constatação é atribuída em grande parte à intensificação dos projetos corporativos de transformação digital, visando principalmente a modernização de processos e o desenvolvimento de novos modelos de negócio. 

CATEGORIA:
10/09/2019

No dia 3 de junho foi lançada a Frente Parlamentar Mista de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação no Salão Nobre do Senado Federal. A frente tem como presidente o senador Izalci Lucas e vice-presidente o deputado Vitor Lippi, e é composta por 207 parlamentares, sendo 165 deputados e 42 senadores.

A iniciativa tem o objetivo de debater sobre ciência, tecnologia e inovação como atividades importantes para a geração de produtividade e competitividade para a indústria nacional, estabelecendo um trabalho integrado com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

CATEGORIA:
29/08/2019

No mês passado, nosso sócio Frédéric Bouté encontrou a deputada estadual do Rio de Janeiro, Renata Souza, no escritório da F. Iniciativas em Paris junto com outros especialistas do time da França a fim de conversar sobre as possibilidades de melhorar o clima da inovação no Brasil e os sistemas de apoio público existentes, tendo como exemplo o bom funcionamento do sistema francês do Crédit Impôt Recherche.

Também foi uma oportunidade para apresentar as atividades da empresa e o funcionamento da Fundação FI, assim como os projetos apoiados em termos Sociais e de Inovação.

CATEGORIA:
14/08/2019

Foi divulgado no evento Innovation Summit Brasil 2019, em Florianópolis, a publicação Mapeamento dos Mecanismos de Geração de Empreendimentos Inovadores no Brasil.
O estudo, feito em parceria entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Anprotec, traz o perfil, localização e atividades de incubadoras e aceleradoras, assim como a identificação da quantidade e o perfil das empresas por elas apoiadas. 

CATEGORIA:
08/08/2019

Os investimentos destinados às pesquisas de desenvolvimento e inovação do setor de petróleo e gás no Brasil, registraram aumento de 66% nos recursos aplicados de 2017 para 2018. Passaram de R$ 1,2 bilhão para R$ 2 bilhões no ano passado.

Os dados constam da 4ª edição do Anuário da Indústria de Petróleo no Rio de Janeiro: Panorama 2019, divulgado hoje (7), pela Federação de Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e elaborado com base, principalmente, em dados nacionais divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

CATEGORIA:
05/08/2019

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, afirmou que o governo estabeleceu como meta que o Brasil melhore 10 posições no ranking de inovação do Relatório Global de Competitividade, publicado pelo Fórum Econômico Mundial. Atualmente, o país se encontra na 72ª colocação entre 140 países. “A nossa meta é avançar 10 posições até 2022. O nosso maior objetivo é aumentar produtividade no país”, frisou.

CATEGORIA:
17/06/2019

A estagnação da produtividade da economia brasileira nos últimos anos se deve, entre outros fatores, à baixa atividade de inovação do setor industrial no país. A fim de mudar esse quadro serão necessárias políticas públicas que fortaleçam a agenda da inovação e, principalmente, de um esforço maior da iniciativa privada em incorporá-la.

CATEGORIA: